Mico leão dourado

Notícias

Workshop GTI

O Fórum de Sociedades da Área de Zoologia realizou, em parceria com a WWF-Brasil, durante os dias 12, 14 e 16 de abril de 2021, o evento on-line denominado “Workshop para a construção do documento - Proposta de objetivos de médio e longo prazo, metas de ação para 2030 e Indicadores para o GLOBAL TAXONOMY INITIATIVE no âmbito da Estratégia Global de Biodiversidade Pós-2020”.

O escopo da oficina tomou por base um diagnóstico do status atual das coleções zoológicas, com indicação das metas que foram cumpridas desde a publicação do documento “Diretrizes e estratégias para a modernização de coleções biológicas brasileiras e a consolidação de sistemas integrados de informação sobre biodiversidade”, fundamentais para o direcionamento de novas ações visando a estruturação das coleções e avanços na gestão da informação sobre a biodiversidade.

Como resultado principal, encontra-se em construção um documento a ser enviado aos pontos focais do Global Taxonomy Initiative (GTI) no Brasil e à Convenção de Diversidade Biológica (CDB), apontando metas para o alcance de seus objetivos específicos, essenciais para a taxonomia. Após finalizado, o documento será disponibilizado à consulta pública.

 

A equipe de trabalho ao longo do Workshop foi formada pela participação de representantes das Sociedades da Área da Zoologia, além de representantes das Sociedades Brasileiras de Botânica e Microbiologia. O encontro também contou com a presença ilustre dos Pontos Focais do GTI no Brasil, o Dr. Luiz Henrique Mourão do Canto Pereira, do MCTI, e da Dra. Maria Beatriz Palatinus Milliet, do MMA, bem como do Dr. Bráulio Dias (UnB), ex-secretário executivo da CDB, com sua apresentação de abertura sobre o histórico da CDB no Brasil.
 

O primeiro produto (Carta de Endosso) do Workshop pode ser acessado no slide seguinte.

 
 

O Fórum

O Fórum das Sociedades da área Zoologia foi criado a partir de uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Zoologia durante a gestão 2006-2008. Sua criação se deu em 07 de maio de 2007 nas dependências do então Ministério da Ciência e Tecnologia em Brasilia, D.F. Dois dias depois de sua fundação foi redigida uma carta de intenções, denominada Carta de Brasília, assinada pelas suas 14 sociedades integrantes,  a qual é transcrita abaixo.

Carta de Brasília

Carta de intenções do Fórum das Sociedades Científicas da Área de Zoologia.
 

Em nove de maio de dois mil e sete foi criado o FÓRUM DAS SOCIEDADES CIENTÍFICAS DA ÁREA DE ZOOLOGIA nas dependências do Ministério de Ciência e Tecnologia, em Brasília. Estiveram presentes 14 Sociedades, cujos representantes assinam essa carta.

O objetivo primordial foi o de congregar as Sociedades Científicas no sentido de discutir e estabelecer ações conjuntas que permitam a integração das mesmas, visando uma representatividade uníssona da área do conhecimento da Zoologia em suas diferentes feições.

A diversidade da área zoológica, que é uma das mais heterogêneas dentro das Ciências Biológicas, por um lado é benéfica, pois permite que pesquisadores que trabalham em grupos específicos estabeleçam relações mais próximas entre seus pares; porém por outro, a fragmentação da comunidade torna-se um problema já que os assuntos comuns a todos são tratados separadamente, enfraquecendo-a. Esse enfraquecimento acaba sendo percebido quando assuntos como avaliação dos programas de pós-graduação, qualidade e manutenção de revistas científicas; planejamento e realização de congressos não atingem os resultados esperados para um país cuja capacidade instalada em Zoologia é uma das melhores do mundo, sendo reconhecida mais internacionalmente do que dentro do próprio Brasil.

Identificou-se assim, a necessidade de que as sociedades, mantendo sua identidade que é muito enriquecedora, venham a trabalhar de forma conjunta a fim de fortalecer a atuação das Sociedades em suas ações individuais e colaborar na construção de políticas públicas para o desenvolvimento da Zoologia e que contribuam com um melhor conhecimento de nossa biodiversidade. Dessa forma, as metas do Fórum são:

• A organização das sociedades científicas em um grupo permanente de discussões sobre os assuntos que afetam as políticas de meio-ambiente, ciência e tecnologia e educação relacionadas à Zoologia, incorporando ao dia-a-dia do zoólogo as questões que vêm sendo tratadas na Convenção de Diversidade Biológica (CBD);

• A promoção do diálogo entre a comunidade científica, a sociedade e as instituições
governamentais;

• A promoção de políticas de atuação conjunta para o desenvolvimento da Zoologia do País;

• O fortalecimento da atuação individual das Sociedades Científicas integrantes do Fórum;

• O auxílio aos Ministérios públicos na construção de políticas e na definição de posições brasileiras em assuntos relacionados à biodiversidade tanto no contexto nacional quanto internacional;

• A discussão das questões que afetam a formação e absorção de recursos humanos qualificados em Zoologia no País, analisando os parâmetros de avaliação dos Programas de Pós-graduação em consonância com o Fórum de Coordenadores de Pós-graduação da área de Zoologia.

• A cooperação com o Conselho de Curadores de Coleções Zoológicas da Sociedade Brasileira de Zoologia no reconhecimento das necessidades e na realização de ações que culminem com o aprimoramento e modernização das Coleções Biológicas Brasileiras, assim como no reconhecimento da importância da Taxonomia como ciência para o desenvolvimento sustentável do País;

• O planejamento dos congressos científicos de modo a atender à expectativa de qualidade científica, buscando o equilíbrio entre as necessidades de formação nos níveis de graduação e pós-graduação, considerando o intercâmbio de conhecimento entre as diferentes gerações de professores e pesquisadores;

• A avaliação da política editorial das revistas científicas relacionadas à área de zoologia. A partir do alcance das metas acima descritas, os seguintes impactos são esperados;

• Participação dos zoólogos de forma ativa na construção das políticas de meio ambiente, ciência e tecnologia e educação do Brasil em sintonia com o cenário internacional;

• Congressos com qualidade superior e distribuição temporal equilibrada entre as diversas subáreas como resultado da integração acadêmico-científica das sociedades;

• Programas de pós-graduação avaliados de forma coerente com suas peculiaridades e o estudo das possibilidades de implantação de novos programas em regiões onde a formação de recursos humanos se faz necessária;

• Formação e fixação de recursos humanos em áreas que apresentem necessidade de profissionais voltados ao estudo de problemáticas ambientais e biodiversidade;

• Revistas científicas que atinjam qualidade editorial que lhes permita maior visibilidade e inserção internacional; com política editorial e pluralidade temática suportadas pelas Sociedades Científicas da área de Zoologia;

• Recursos financeiros do Poder Público utilizados com parcimônia e melhor distribuídos para o alcance das metas propostas.

Brasília, 9 de maio de 2007.

Sociedade Brasileira de Zoologia,

Associação Brasileira de Oceanografia,

Sociedade Brasileira de Carcinologia,
Sociedade Brasileira de Entomologia,
Sociedade Brasileira de Etologia,
Sociedade Brasileira Herpetologia,

Sociedade Brasileira de Ictiologia,
Sociedade Brasileira de Malacologia,
Sociedade Brasileira de Mastozoologia,

Sociedade Brasileira de Ornitologia,

Sociedade Brasileira de Primatologia
Sociedade Brasileira para o Estudo de Elasmobrânquios,
Sociedade Brasileira para o estudo de Quirópteros,

Sociedade Entomológica do Brasil.

Cobra
 

14

Entidades

Sociedades Participantes

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARCINOLOGIA

logo-sociedade-brasileira-carcinologia.p

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ETOLOGIA

Etologia 3_edited.jpg

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ICTIOLOGIA

iCTIO_edited.jpg

SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOZOOLOGIA

logo Masto.jpeg

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORNITOLOGIA

oRNITO_edited.jpg

SOCIEDADE BRASILEIRA PARA ESTUDO DE ELASMOBRÂNQUIOS

ELASMO.jpg

SOCIEDADE BRASILEIRA PARA ESTUDO DE QUIRÓPTEROS

qUIRÓ.gif

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENTOMOLOGIA

logo Soc Bras Entomologia.png

SOCIEDADE BRASILEIRA DE HERPETOLOGIA

Herpeto.png

SOCIEDADE BRASILEIRA DE MALACOLOGIA

Malaco.jpg

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OCEANOGRAFIA

Oceanograafia_edited.png

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PRIMATOLOGIA

pRIMATO.jpg

SOCIEDADE ENTOMOLÓGICA DO BRASIL

ENTOMOLÓGICA.jpg

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOLOGIA

ZOO_edited.png
 

Documentos